Criatividade & boas ideias: os primeiros passos conceção do produto

Equipas discutem e analisam ideias para  a conceção de novos produtos.

Temos observado os utilizadores desportivos e sabemos o que eles querem e precisam. Podemos iniciar a fase de criação! 
Sim, o nosso vestuário ou equipamento desportivo passa por várias fases antes da chegada aos nossos departamentos de vendas. No início, a propósito, estes são apenas conceitos. Referimo-nos a eles como um "conceito de produto".

Especificações funcionais

Os princípios orientadores da conceção de produtos

Uma vez definidas as necessidades, redigimos as especificações funcionais. Resume muito claramente as qualidades que o produto futuro deve ter: a quem se destina, como será utilizado, quais devem ser os seus benefícios e características, o seu preço, as suas fases de conceção e produção e os recursos humanos e tecnológicos necessários. Ainda não sabemos como será o produto, mas sabemos quais os problemas que terá de resolver.

As especificações funcionais constituem a base do nosso projeto. Impede-nos de perder de vista todas as características do futuro produto, referimo-nos a ele em todas as fases da sua criação.

Equipas definem características e especificações dos produtos, testando e analisando os protótipos.

Brainstorming & workshops

Imaginar o conceito do produto!

As especificações funcionais estão prontas. Lançamos a fase de criação:  investigação, debate, ideias, etc...

O nosso objetivo: definir um conceito de produto viável que deve responder a uma necessidade específica.
Por exemplo: um corredor precisa de ser visto no escuro. Qual será a solução? Qual será o produto certo?

Combinamos as nossas ideias para sermos criativos. Organizamos brainstormings e workshops, escolhendo as melhores sugestões.  E começamos a imaginar o conceito do produto.

Na imagem:A partir do desenho de um workshop, as nossas mentes criativas criam as primeiras maquetes.

Equipas fazem brainstorming para imaginar e desenhar os conceito e maquetes dos produtos.
Desenho computacional para analisar o conceito e detalhes do produto em 3D.

Sabias que?

UMA FERRAMENTA EXTRA PARA A CONCEÇÃO DOS NOSSOS PRODUTOS: DESENHO COMPUTACIONAL.

O que é desenho computacional? É simplesmente desenho assistido por computador

Antes, desenhávamos o futuro produto à mão. Hoje, utilizamos software de desenho assistido por computador (CAD) para visualizar o produto em 3D nos ecrãs dos nossos computadores! E o CAD não faz apenas a renderização em 3D. Também nos dá acesso a dados adicionais detalhados. Já não temos de fazer cálculos de engenharia à mão, porque agora temos "software" que faz isso por nós.

O desenho computacional é, portanto, muito simplesmente uma ferramenta complementar para a conceção dos nossos produtos!

Maquetes e protótipos

O conceito do produto toma forma!

O conceito do produto parece viável. Tornamo-lo possível através da produção do protótipo. Não é uma versão final do produto, mas dá vida a um esboço, permitindo-nos aprovar certas características: formas, cores, componentes, utilizá-lo em atividade, etc...

Em primeiro lugar, fazemos um primeiro protótipo, chamado "mock-up”, muitas vezes com materiais de sucata. Serve para ilustrar o conceito do produto.

Depois, criamos em média dezenas de outros, para refinar e aprovar a função de cada produto, qualquer que seja a sua natureza: têxteis, calçado, equipamento, acessórios, etc. Falamos de protótipos de design. Se tudo correr bem, prosseguimos o desenvolvimento do produto.Se não funcionar, pensamos noutras opções.

Quando fazemos protótipos, pensamos também em termos da produção em massa dos produtos. Os nossos técnicos de protótipo certificam-se de que as operações manuais ou de máquina são facilmente duplicáveis nas fábricas dos nossos subcontratados. O objetivo é também otimizar os métodos de montagem, reduzir os custos, e garantir a segurança e qualidade dos produtos.

Fazemos frequentemente os nossos protótipos internamente nos nossos ateliers de protótipos. Isto poupa muito tempo, porque reduzimos, em particular, as viagens de regresso ao fornecedor. E para finalizar o produto, temos alguns protótipos feitos. São produzidos na fábrica, em condições reais de fabrico, nas máquinas utilizadas para a produção em massa.São ainda utilizados para outros testes e para antecipar possíveis problemas durante a produção, etc...

Análise de um protótipo de um produto.
Colaborador na oficina de protótipos, onde as ideias são testadas.

Sabias que?

No total, temos 25 oficinas de prototipagem, sendo 21 em França. Cada uma tem as suas especificidades e especializa-se num ou mais processos (têxtil, metal, plástico, entre outros) ou produto(s) (bicicleta, ski, calçado, etc...). Dependendo dos requisitos, estas oficinas são chamadas nas fases iniciais de desenvolvimento do produto e outras durante a industrialização.

Na imagem, a nossa oficina de protótipos a Btwin Village, onde os designers podem dar vida às suas ideias. 

Destaque sobre os protótipos easybreath

Conheces provavelmente a nossa famosa máscara de snorkelling Easybreath! Conheces a história sobre o seu design?

Depois de realizar um estudo sobre praias na Europa, China e Brasil, a nossa equipa de design foi confrontada com a seguinte conclusão: muitas vezes achamos que a prática de snorkelling é difícil. Foi assim que nasceu, subsequentemente, o projeto Easybreath! Concebendo e "testando" diferentes protótipos, conseguimos desenvolver a versão do produto que hoje conheces, permitindo que milhares de pessoas superassem o seu medo e encorajando-as a beneficiar, como nós, das maravilhas no fundo do mar. Mostramos-te como evoluíram os protótipos. Aqui estão 6 deles. Na realidade, foram necessários 30 protótipos para se chegar à versão final da Easybreath.

Vários protótipos da máscara easybreath, incluindo a versão final.

1. A maquete ilustra o conceito da máscara facial com um snorkel incorporado.
2. Após os primeiros testes, a equipa de design identificou anomalias causadas pela lente da máscara curva, que perturbava a visão e faziam as pessoas sentirem-se enjoadas.
3. O campo de visão foi melhorado.As anomalias foram corrigidas através da substituição da lente curva da máscara por uma plana.
4. Esta versão resolveu a questão da acumulação de condensação na lente e permitiu uma perfeita funcionalidade.
5. O último protótipo é funcional e integra uma parte do desenho final.
6. A Easybreath está atualmente disponível nas lojas.

Destaque para o addlab

O NOSSO LABORATÓRIO DE IMPRESSÃO 3D E DE PROTÓTIPOS 3D

Laboratório de impressão e protótipos 3D.

Próximo passo: